Livros: Stephen King

Boa noite! O post de hoje é especial sobre Stephen King, um escritor americano, reconhecido como um dos mais notáveis escritores de contos de horror fantástico e ficção de sua geração. Ultimamente estou pesquisando diversos escritores, enriquecendo minha lista de livros e saindo da zona de conforto, enfim, estou vendo como existem variedades com qualidade a nossa espera rs Se você curte esse gênero, dá uma olhada nas dicas abaixo!  BOA SEMANA ❤

Carrie, a Estranha

carrie
imagem ilustrativa

Carrie, A Estranha narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente. Aos 16 anos, desajustada socialmente, Carrie prepara sua vingança contra todos os que a prejudicaram.

O Iluminado

o iluminado
imagem ilustrativa

Danny Torrance não é um menino comum. Danny é capaz de ouvir pensamentos. Ele pode transportar-se no tempo e olhar o passado e o futuro. Danny é um iluminado. Maldição ou benção? A resposta pode estar guardada na imponência assustadora do hotel Overlook.
Quando Jack Torrance consegue o emprego de zelador do velho hotel, todos os problemas da família parecem estar solucionados. Não mais o desemprego e as noites de bebedeiras. Não mais o sofrimento da esposa, Wendy. Tranquilidade e ar puro para o pequeno Danny livrar-se de vez das convulsões que assustam a família. Só que Overlook não é um hotel comum. O tempo esqueceu de enterrar velhos ódios, cicatrizar antigas feridas. O Overlook é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança. O Overlook é uma sentença de morte e quer Danny, e precisa dos poderes de Danny para chegar ao fim.
A luta assustadora entre dois mundos. Um menino e a ânsia assassina de poderosas forças malígnas. Uma família refém do mal. Nesta guerra sem testemunhas, vencerá o mais forte.

A Dança da Morte

imagem ilustrativa
imagem ilustrativa

Poucos livros merecem ser chamados de fenômeno editorial, mas A dança da morte sem dúvida é um deles. Aclamado pela crítica e pelo público, o romance é considerado uma das melhores obras de Stephen King.
Após um erro de computador no Departamento de Defesa, um milhão de contatos casuais formam uma cadeia de morte: é assim que o mundo acaba. O que surge é um árido lugar, privado de suas instituições e esvaziado de 99% de sua população. Um lugar onde sobreviventes em pânico escolhem seus lados — ou são escolhidos por eles. Onde os bons se apoiam nos ombros frágeis de Mãe Abigail, com seus 108 anos de idade, e os piores pesadelos do mal estão incorporados em um indivíduo de poderes indizíveis: Randall Flagg, o homem escuro.
Valendo-se da imaginação sem limites que caracteriza sua obra, King criou uma história épica sobre o fim da civilização e a eterna batalha entre o bem e o mal. Com sua complexidade moral, ritmo eletrizante e incrível variedade de personagens, A dança da morte merece um lugar entre os clássicos da literatura popular contemporânea.

A Zona Morta

a zona
imagem ilustrativa

Johnny Smith é um homem que sofre por possuir um estranho poder: ao tocar em uma pessoa, torna-se capaz de prever seu futuro. A origem desta capacidade está ligada à chamada “zona morta”, uma área do cérebro de Johnny que não conseguiu se recuperar após um acidente de automóvel que o deixou em coma. Mas, ao tocar a mão de Greg Stillson, Johnny descobrirá que seu poder é muito mais perigoso do que imagina. A Zona Morta é mais uma obra do gênio do terror Stephen King. Uma das obras mais cultuadas de Stephen King volta às livrarias, depois de mais de uma década fora de catálogo no Brasil “Ritmo impecável, envolvente o tempo todo.” – Los Angeles Times “Uma leitura compulsiva.” – Atlanta Journal.

Christine

christine
imagem ilustrativa

Arnie Cunnigham era um perdedor. Rosto coberto de espinhas, desajeitado com as garotas, magro demais, passava os dias pelos corredores da escola, tentando fugir da gozação dos colegas. Isso até Christine entrar em sua vida. Amor à primeira vista. A partir desse dia, o mundo ganha novo sentido. Tudo o que Arnie quer é estar junto de Christine. Mas não se espere um novo Romeu e Julieta, tratando-se da mente assombrosa de Stephen King. Christine é um carro. Um Plymouth Fury 1958. Um feitiço sobre rodas que se apodera de Arnie e faz dele alguém diferente. Há algo poderosamente maligno solto pelas estradas de Libertyville. Uma força sobrenatural que vai deixando seu rastro de sangue por onde passa. Embarque nessa viagem assustadora e boa sorte.

O Cemitério

o cemiterio
imagem ilustrativa

Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar naquela pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha. Num dos primeiros passeios familiares para explorar a região, conhecem um ‘cemitério’ no bosque próximo a sua casa. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram seus animais de estimação.
Para além dos pequenos túmulos, onde letras infantis registram seu primeiro contato com a morte, há, no entanto, um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras e onde forças estranhas são capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível.

It – A Coisa

coisa
imagem ilustrativa

Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e… do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em ‘It – A Coisa’, clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.

Jogo Perigoso

jogo
imagem ilustrativa

Jessie e Gerald estão tendo problemas no relacionamento. Na tentativa de dar nova vida a seu casamento, viajam para uma região isolada no Maine. Mas um jogo de sexo acaba se transformando em prelúdio para uma noite de horror. Durante o jogo, Jessie é acorrentada à cama, e, subitamente, Gerald morre diante de seus olhos. Está presa e logo percebe que não há chance de alguém ouvir seus gritos. É nesse momento que, impotente e acompanhada apenas do cadáver do marido, vê todos os seus maiores medos ressurgirem para torturá-la. ‘Jogo perigoso’, de Stephen King, revela o estilo eletrizante que consagrou este mestre do terror moderno, e faz o leitor mergulhar numa trama fascinante e diabólica.

À Espera de Um Milagre

milagre
imagem ilustrativa

Uma trama de mistério e terror, ambientada nos anos 30, em plena Depressão americana, num cenário de desespero e sufoco: a Penitenciária de Cold Mountain. Stephen King foi buscar no lado mais sombrio de sua imaginação a história assombrosa de John Coffey, condenado à morte, e seu encontro fatal com o carcereiro Paul Edgecombe.

Desespero

desespero
imagem ilustrativa

A apocalíptica luta entre o bem e o mal pelas mãos do grande mestre Stephen King!
A rodovia 50 é conhecida como a autoestrada mais solitária dos Estados Unidos. Atravessando o deserto sob um calor brutal, seguem pela rodovia pessoas que talvez jamais cheguem a seu destino. Como o professor Jackson e sua mulher, que estão voltando para Nova York, ou a família Carver, de Wentworth, Ohio, que segue para férias no Lago Tahoe. E como John Marinville, uma fera literária montada em sua legítima Harley-Davidson.
Um gato morto espetado na placa que indica a cidade de Desespero revela que há algo de estranho acontecendo na rodovia. Algo macabro, que nenhum deles seria capaz de supor. A figura de Collie Entragian, um policial gigante, é mais um indício de que o caminho que leva a Desespero não é o que se poderia desejar.
Para Entragian, ele é a única lei da região, o juiz implacável. E é preciso uma boa dose de coragem para duvidar de suas palavras. Uma influência demoníaca domina a cidade como um vírus e é preciso que surja o quanto antes uma força capaz de detê-la.

O Apanhador de Sonhos

sonhos
imagem ilustrativa

O livro de Stephen King que deu origem ao filme de Lawrence Kasdan Criaturas alienígenas, aflição, terror. Em O Apanhador de Sonhos todos esses ingredientes prometem ao leitor uma boa dose de calafrios, noites maldormidas, sentidos em alerta e, por via das dúvidas, uma luz acesa no corredor. O Apanhador de Sonhos une, numa mesma história, terror, amizade e ficção científica. O cenário é a pacata cidade de Derry, no Maine, estado onde mora Stephen King e eleito pelo escritor para ilustrar grande parte de suas mais famosas tramas. E é lá que quatro garotos presenciam uma cena chocante: Duddits, um menino portador de síndrome de Down, é torturado por uma gangue de adolescentes. Num ato de coragem os quatro conseguem salvar a vida do indefeso menino.

O que os amigos não ficam sabendo é que Duddits é um menino especial, com poderes para penetrar na mente de outras pessoas e compartilhar pensamentos e lembranças. Uma espécie de apanhador de sonhos. Em pouco mais de duas décadas, esse encontro será fundamental para salvar a vida de toda uma cidade. Uma floresta do Maine, 25 anos depois: os quatro, agora homens, mais uma vez se encontram diante de uma cena que os atormenta. Um homem aparentemente perturbado solta frases desconexas sobre luzes vindas do céu. Em meio à noite, os sussurros soam como uma terrível profecia que se concretiza. Seres alienígenas invadem a cidade de Derry, matando gente, bichos e vegetação. Assim como o apanhador de sonhos, capturam mentes. Menos a de Duddits.

E ele, que tem a mesma capacidade especial dos asquerosos e malignos extraterrestres, será o único que poderá salvar a cidade dos alienígenas e, consequentemente, impedir que agentes do FBI levem a cabo o plano de dizimar toda espécie viva da região e afastando, definitivamente, a ameaça que veio do espaço.

Anúncios

20 comentários

    • Com certeza, eu adoro esse gênero em filme, e no filme já tenho medo, imagine em livro, vou fechar a página toda hora kkkkk mas é importante sim, tentarmos inovar, e agregar novidades ne? Escolha um e comece a ler também =) Beijoos

      Curtido por 1 pessoa

  1. Falei hoje mesmo no meu post mais recente que preciso criar vergonha na cara e ler os livros do Stephen King que ainda não li, e agora vem esse post maravilhoso mostrar que é mesmo muita vergonha na cara que me falta. Ótimo texto, me deixou curioso pra ler “O Apanhador de Sonhos” e “A Coisa”, mas esse segundo já vai ser mais difícil por causa de uma certa fobia que eu tenho, de uma certa criatura de nariz vermelho hahahha Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    • hahahaha são tantos livros que queremos ler, e ai só enrolamos ne? sei como é, mas vergonha na cara, e bora bora retomar rsrs Esse do nariz vermelho sem dúvida não tenho a mínima pressa em ler rs fiquei apavorada só com a capa, rsrs mas quem sabe um dia eu tenha coragem!! Boas leituras, beijoos

      Curtir

      • Sim, eu li o começo e ele conta (pelo menos na edição que eu tenho, não sei se são todas assim) sobre as pessoas que o inspiraram a escrever a história é muito legal e não muito legal ao mesmo tempo kk enfim, vamos ler.
        ;*

        Curtir

  2. Oie, Tati, boa noite. Gostei da suas dicas e quero ler Carrie. Será que vc poderia me ajudar? Como faço para colocar foto de perfil? Não estou conseguindo. Beijos. Post novo no meu blog.Corra lá para conferir beijos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s